Convite casamento brunch

Meu casamento – Parte 1: Local e ilustração para convite

Olá pessoal.

Como falei em alguns posts atrás, ano passado me casei e vou contar um pouquinho de como foi. (Pode servir de ideia pra quem está economizando grana não ficar sem uma comemoração.)

Eu não ia fazer nada, ia ser apenas o casamento civil no cartório de manhã e a tarde nós já íamos viajar. A intenção era economizar dinheiro mesmo, mas aí comecei a ter ideias…

Dicas de Casamento MEGA econômico (e total handmade)

 LOCAL:

Pesquisei lugares para fazer um brunch (que é um café-da-manhã que vai até mais tarde e tem uma variedade maior de comidas). O que mais gostamos foi o Blés D’or. Para quem é de São Paulo, ele fica no bairro de  Moema. Além das comidas serem muito boas, o lugar é super bonitinho, meio rústico, com vasinhos e flores fofas nas mesas. No fundo tem um jardim (o que me deixou mais animada ainda). >__<

Bles Dor casamento mini wedding

Quando decidimos fazer o brunch, resolvi aproveitar a oportunidade de fazer convites! Uhuull!

Como ia ser um “café da manhã”, achei legal usar isso como inspiração para o restante das ideias que estavam por vir…

A ilustração que fiz para a capa do convite ficou assim:

Convite casamento brunch

 

Algumas referências que usei:

Simone Grunewald

Simone Grunewald

Penelope Peng-Peng Gaylord

Penelope Gaylord

Woonyoung Jung

Woonyoung Jung

Simone Grunewald é uma artista alemã que eu já acompanho a algum tempo e eu amo o traço dela (e ela posta sketchs no Instagram praticamente todos os dias, uau!). E para a minha felicidade, na época em que eu estava fazendo a ilustra do convite ela postou esse sketch maravilhoso. <3

Penelope Gaylord - Encontrei esta ilustra nas pesquisas por pose no Pinterest e adorei. Acabei usando como referência para o cenário. Depois de muitas tentativas frustradas, ela me ajudou muito.

Woonyoung Jung - Descobri este artista também nas pesquisas por pose, mas eu gostei tanto que continuo acompanhando o trabalho dele pelo Instagram (muitas bruxinhas e dinossauros!)

No próximo post vou falar mais sobre o convite físico (papel, impressão, envelope…)
E aí, o que acharam? Ideias, dúvidas… deixe um comentário!